terça-feira, 13 de maio de 2008

Qual a luz



Regina Mello,em close de Llobus,mostra o sorriso e o olhar que são sua marca registrada.

Amante da natureza, foi entrevistada e filmada, fotografada- fotógrafa sob a ótica do fotógrafo- sob a mangueira antiga onde se inicou sua "Galeria da Árvore', um grupo de artistas e autores.

Até o dia 18 de maio, está às voltas com a semana nacional de Museus, ela que dirige o MUNAP-Museu Nacional de Poesia-intinerante.

Antológico, o poema escolhido por marco Llobus:para ela, "o amor não tem forma,
não tem fórmula"- é qual a luz.

Um comentário:

Heitor disse...

Regina
Mello
Me
Com
A
Luz
Dos
Teus
Olhos.
Fuidas
Energias
Régias
De
Um
Sem-tempo,
Onde
O
Li
Mi
TE
Esta
Ao
Alcançe
Do
Infinito.
Pegue-o!
Beijos
Heitor de Pedra Azul
www.avspe.eti.br/1avspe/heitor/index12.html